Publicado em: 24/05/2018

Com a chegada da estação mais fria do ano, tiramos os casacos do armário e aumentamos o consumo de bebidas quentes com o objetivo de nos mantermos aquecidos. Mas e nossos pets? Quais os cuidados que devemos ter com eles no inverno?

Engana-se quem acha que roupinhas, banhos quentinhos e secar bem o animal com secador são frescura, assim como nós os animais sofrem com a chegada do frio e necessitam de cuidados, além de não estarem livres de doenças comuns desta estação.

Independente se seu pet for cão ou gato, os que mais sentem impacto com o frio são os filhotes e os idosos pois esses tem uma maior dificuldade de regular a temperatura corporal, os pelos não são tão eficiente e a camada de gordura não é tão espessa. Além disso, animais idosos comumente podem ter artrose (degeneração das articulações) e a dor causada tende a ficar mais intensa no frio.

Uma das doenças mais comuns no inverno em felinos é a Rinotraqueíte, nessas épocas frias os felinos podem ter baixa da imunidade onde o vírus se manifesta. Dentre os cãezinhos  a mais comum é a Tossi dos canis, ou Traqueobronquite Infecciosa Canina é uma enfermidade que ataca o sistema respiratório dos cães. Caso seu amiguinho apresente algum desconforto respiratório e não esteja imunizado o ideal é leva-lo ao médico veterinário.  Vale ressaltar a existência de vacinação preventiva, sendo sempre a melhor opção.



A frequência dos banhos deve ser diminuída e quando for necessário lavar o animal com água morna e seca-los bem com toalhas e secador de cabelo.  As roupinhas são uma ótima opção para manter seu pet aquecido, principalmente os de pelagem curta. Diferente dos cães é comum os gatos não se adaptarem as roupas tombando para o lado ou ficando agachados e imóveis, caso seu gato goste de usar roupinhas não tem contraindicação. 

Quando a temperatura dos gatinhos está muito baixa, suas extremidades como as pontinhas das orelhas ficarão geladas, o ideal é aquecê-los. Uma ótima opção para os gatos são as toquinhas que ajudam a segurar o calor. Todo proprietário de gato sabe que não é necessário grande investimento, uma vez que eles preferem as boas e velhas caixas de papelão, é só colocar uma mantinha dentro e está pronta!

Todo animal precisa de um local seco e coberto para se proteger do frio, inclusive os que ficam no quintal.  Suas casinhas devem estar posicionadas num local que pegue sol, contra as correntes de ar e com uma cobertinha. Caso o animal que permaneça fora de casa esteja usando roupas, deve se ter o cuidado que estejam sempre secas já que esses animais podem acabar se molhando uma vez que estão mais expostos as variações do tempo.

Cães ou gatos, o ideal mesmo é passar o máximo de tempo agarradinho com eles pois é uma ótima troca de calor, afinidade e amor entre animais de estimação e seus donos.



Kayuane Muner Miranda - Acadêmica Medicina Veterinária FAG.


caíram as temperaturas! Cuidados com os pets nos dias frios.